Como a Mulher Pensa: Os estágios de desenvolvimento do cérebro

Como a Mulher Pensa: Os estágios de desenvolvimento do cérebro

Explore as origens do prazer sexual feminino e mergulhe nas complexidades do cérebro orgásmico. Este artigo explora os aspectos neurobiológicos que contribuem para a experiência sensorial única das mulheres durante o orgasmo, oferecendo uma visão esclarecedora sobre o papel do cérebro no prazer íntimo.

Última atualização: 27 de dezembro de 2023
Top 7 Melhores Pílulas Potenciadoras de Ereção e Comprimidos de Aumento Peniano
POWER CAVALO CAPS DOBRO PROMO - Compre 1 leve 2 POTES

O sexo começa na mente, portanto, é entre as orelhas, não entre as pernas. O cérebro e suas estruturas são os órgãos sexuais mais importantes e ativos do corpo, e não o pênis ou a vagina.

Como a mulher pensa – os segredos de sua mente

Seu sistema nervoso central, seu sistema cardiovascular, seu sistema endócrino e seus sentidos são regulados e controlados pelo seu cérebro. Você sente dor e prazer por causa do seu cérebro.

Suas sensações e respostas sexuais são influenciadas pela secreção de hormônios do hipotálamo do cérebro, como oxitocina, vasopressina, serotonina e dopamina.

A informação que você recebe sobre a aparência, o som, o sabor, o cheiro e a sensação de algo está sendo processada pelo seu cérebro através dos seus órgãos sensoriais. Seu cérebro também envia sinais sobre pressão arterial, frequência cardíaca, temperatura corporal e maneira como você respira. Em outras palavras, todas as partes da sua função sexual, experiências e respostas emanam do seu cérebro.

Seu cérebro tem o chamado centro de prazer!

Esta parte do seu cérebro é responsável pelos sentimentos e sensações quando você chega ao orgasmo. Seu cérebro é o principal responsável pelo seu orgasmo. Durante o prazer sexual, todas as terminações nervosas, incluindo os órgãos genitais, estão em sintonia e em comunicação com o cérebro. Você não sentiria dor ou prazer, mesmo se fosse tocado de uma forma ou em um lugar que considerasse prazeroso sem o seu cérebro.

Seu interesse por sexo começa em seu cérebro. O orgasmo clitoriano ou orgasmo vaginal é apenas uma parte da estimulação física para atingir o orgasmo real – o orgasmo cerebral. Seu cérebro é o órgão sexual mais importante e ativo do seu corpo.

O cérebro feminino – os estágios de desenvolvimento do cérebro

O cérebro feminino é uma fabulosa máquina de aprendizagem que governa sua vida desde o nascimento até o nascimento e além.

Aqui estão apenas algumas descobertas recentes sobre o que torna o cérebro feminino único, bem como algumas das mudanças fascinantes que ocorrem em seu cérebro ao longo de  sua vida.

Nascimento do cérebro feminino

  • Até oito semanas, todo cérebro é feminino. Nos homens, uma enorme onda de testosterona atinge e mata células no centro de comunicação, e faz crescer mais células nos centros sexuais e de agressão.
  • Nas mulheres, grandes quantidades de estrogênio estimulam o crescimento do cérebro e melhoram os circuitos e centros de observação, comunicação, sentimentos viscerais e cuidado.

O cérebro da adolescente 

  • Durante a puberdade, o objectivo principal de uma rapariga, do ponto de vista biológico, é tornar-se sexualmente desejável e atraente.
  • As meninas falam duas a três vezes mais palavras por dia do que os meninos e também falam mais rápido. Através da conversa, os centros de prazer no cérebro da menina são ativados.

O cérebro da mamãe

  • O cérebro encolhe durante a gravidez. Não perde células, mas altera o metabolismo e se reestrutura. Então, nas últimas duas semanas, o cérebro começa a aumentar de tamanho novamente e a construir circuitos maternos. Ele não retorna ao tamanho anterior até cerca de seis meses após o parto.

O cérebro feminino maduro

  • O cérebro da mamãe desliga.
  • A menopausa significa o fim das hormonas que impulsionaram os circuitos de comunicação, os circuitos emocionais, o impulso para cuidar e cuidar, e o desejo de evitar conflitos a todo o custo.
  • Mais de 65 por cento dos divórcios após os 50 anos de idade são iniciados por mulheres. Isso é atribuído a algo chamado “entusiasmo pós-menopausa”. As mulheres nesta fase querem a sua vez, querem fazer coisas pelas quais são apaixonadas e agir de forma mais independente – elas não querem cuidar de todos os outros.

Sexo e emoções

  • A excitação sexual feminina começa com o desligamento do cérebro: os orgasmos só podem ser desencadeados quando a amígdala, o centro do medo e da ansiedade, é desligada. “É necessário desligar os circuitos preocupantes do cérebro feminino para ter um orgasmo.
  • Para as mulheres, preliminares são tudo o que acontece nas 24 horas anteriores à relação sexual. “Ela precisa se sentir confortável e amorosa com seu parceiro e tudo no relacionamento está bem, reduzindo assim a ativação daquela amígdala de que algo é perigoso ou assustador.
  • As mulheres evoluíram para chorar quatro vezes mais facilmente que os homens. O tratamento do silêncio não é uma forma de as mulheres chamarem sua atenção. Chorar é uma forma de chamar a atenção dele de que algo está errado e perturbador.

O cérebro orgásmico – as raízes de seu prazer sexual

Entre as mulheres, o maior nível de disfunção sexual não ocorre entre mulheres mais velhas, na menopausa, mas entre mulheres solteiras, mais jovens e com múltiplos parceiros sexuais. A redução do estresse é um dos maiores benefícios dos orgasmos. Durante o orgasmo, a oxitocina é liberada, o que faz com que os níveis de cortisol diminuam e assim o estresse seja reduzido.

O Cérebro Sexualmente Silencioso

Para uma mulher atingir o orgasmo, o centro de medo e ansiedade do cérebro – a amígdala deve ser desligado. Para desativar o centro do medo do cérebro, as preliminares são cruciais. Sua atividade sexual deve incluir preliminares. Desta forma, a confiança é desenvolvida e, portanto, o orgasmo pode ocorrer facilmente.

Durante o orgasmo, o córtex pré-frontal ou orbitofrontal do cérebro – a região logo acima dos olhos, que controla as emoções básicas, também é desativado. No momento do orgasmo, você abandona suas emoções.

Alcançar o orgasmo não envolve apenas excitação aumentada. Requer que o centro de vigilância do cérebro se desligue e fique silencioso devido às inibições tanto para homens quanto para mulheres.

O orgasmo como um prazer único

O orgasmo é um processo único, que toma conta de todo o cérebro e pode ser sentido por todo o corpo. É claro que isso acontece entre você e seu parceiro. Na verdade, o orgasmo feminino é diferente para cada mulher.

Portanto, é importante que as mulheres compreendam a sua própria sexualidade e a melhor forma de atingir o orgasmo nos seus termos.